ANADEF | Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos Federais (61) 3326.9121
Quinta, 23 de Outubro de 2008

OAB irá à Justiça contra inovações que sobrecarregam Defensoria Pública.

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) irá à Justiça para buscar a nulidade dos artigos 1º, 2º, e 3º da Resolução número 19 do Conselho Superior da Defensoria Pública da União, que segundo a OAB introduz inovações irregulares nas áreas de atribuição dos defensores públicos e cuja decisão extrapolou os limites de sua competência. A decisão foi tomada pelo Conselho Pleno da OAB Nacional com base no voto do relator da matéria, o conselheiro federal por Pernambuco, Ricardo Correia de Carvalho. A votação foi conduzida pelo vice-presidente do Conselho Federal da OAB, Vladimir Rossi Lourenço.

Segundo o relator da questão na OAB, os defensores públicos têm por obrigação, conforme a Constituição Federal, atuar juridicamente em defesa dos mais necessitados, única e exclusivamente.

Os artigos da referida resolução, de maio de 2007, estendem a atuação dos defensores públicos ao atendimento daqueles que não são necessitados.

'Isso é flagrantemente inconstitucional, além de assoberbar a Defensoria Pública da União, que não dispõe de estrutura necessária para atender a esse aumento da carga de trabalho.

Esses artigos da Resolução fogem por completo da norma constitucional', afirmou o relator, que foi seguido à unanimidade. Na sessão, Vladimir Rossi encaminhou a matéria à exame da Assessoria Jurídica da OAB para que esta analise que tipo de medida jurídica será adotada.OAB


Compartilhe esta notícia:
OAB irá à Justiça contra inovações que sobrecarregam Defensoria Pública.
Pesquise em todo o site:

Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos Federais - ANADEF
SBS Qd 02 Bloco E Lote 15 Sala 303 - Edifício Prime Business Convenience
Brasilia - DF - CEP: 70070-120
Fone: (61) 3326.9121

ACESSE NOSSAS REDES

DPU
ANADEF® TODOS OS DIREITOS RESERVADOS