ANADEF | Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos Federais (61) 3326.9121
GT Mulheres da DPU lança material sobre direitos sexuais e reprodutivos
Terça, 13 de Julho de 2021

GT Mulheres da DPU lança material sobre direitos sexuais e reprodutivos

O Grupo de Trabalho Mulheres da Defensoria Pública da União (DPU) lançou cartilhas e folderes com informações sobre direitos sexuais e reprodutivos. O manual aborda a defesa dos direitos sexuais e reprodutivos e os fôlderes retratam temas como direitos sexuais e reprodutivos, planejamento familiar, violência obstétrica e parto humanizado. 

A coordenadora do GT Mulheres, defensora pública federal Alessandra Lucena Wolff, abriu o evento “A Defensoria Pública em Defesa dos Direitos Sexuais e Reprodutivos das Mulheres” que teve como objetivo promover informação, acessibilidade e abordar a importância da produção da cartilha.

A defensora pública federal Maria Cecília Lessa da Rocha destacou a relevância da cartilha em informar e educar as mulheres sobre educação sexual e reprodutiva de forma efetiva, a fim de evitar abusos sexuais e sociais. "O projeto de defesa dos direitos sexuais e reprodutivos das mulheres nasceu no âmbito do GT Mulheres da necessidade de marcar a posição institucional diante desse tema. Numa sociedade de moral e hábitos conservadores como a nossa é fundamentar apresentar os direitos sexuais e reprodutivos das mulheres de forma positiva, como algo capaz de criar novas e melhores práticas, porque mais igualitárias e livres de violência ou constrangimento", pontuou.

A defensora pública estadual Flávia Brasil Barbosa do Nascimento, coordenadora da Comissão Especial de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher do Colégio Nacional de Defensores Públicos-Gerais (Condege), ressaltou que a atuação das defensorias deve primar pela vontade de cada mulher que as procura para assegurar os direitos que possuem sobre seus corpos e que, a cada instante, elas estão batalhando para garantir seus direitos.

O material será disponibilizado em breve para toda a população no site da Defensoria Pública da União, na área do GT Mulheres.

A médica ginecologista, obstetra e professora da Universidade Federal de Uberlândia Helena Borges Martins da Silva Paro parabenizou a DPU pelo excelente trabalho que desenvolveu com as cartilhas e fôlderes e disse que ainda há muito com que se preocupar. “É importante garantir orientação a todos e todas, é por meio disso, que ficam informados e podem exigir seus direitos. Esse material é um grande avanço, mas ainda temos que nos preocupar com o futuro. A telemedicina é imprescindível, pois ela diminuiu as barreiras geográficas, mas ainda, é um desafio garantir saúde para todos e todas”, ponderou.

A professora da Universidade de Brasília e presidente da Rede pela Humanização do Parto e Nascimento (ReHuNa), Daphne Rattner, apresentou todo o trabalho que a rede vem desempenhando há décadas para assegurar os direitos humanos as mulheres na hora do parto e garantiu que o empenho está surtindo efeito. “Aos poucos estão sendo garantidos os direitos à saúde das mulheres”, finalizou.

O evento de lançamento foi transmitido pelo canal da DPU no YouTube.


Assista à integra do lançamento

Confira o material lançado: 
Cartilha Defesa dos direitos sexuais e reprodutivos das mulheres
Fôlder Direitos sexuais e reprodutivos e direitos humanos
Fôlder Parto humanizado 
Fôlder Violência obstétrica
Fôlder Planejamento familiar


Compartilhe esta notícia:
GT Mulheres da DPU lança material sobre direitos sexuais e reprodutivos
Pesquise em todo o site:

Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos Federais - ANADEF
SBS Qd 02 Bloco E Lote 15 Sala 303 - Edifício Prime Business Convenience
Brasilia - DF - CEP: 70070-120
Fone: (61) 3326.9121

ACESSE NOSSAS REDES

DPU
ANADEF® TODOS OS DIREITOS RESERVADOS