ANADEF | Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais (61) 3326.9121
DPU consegue medicação de alto custo para assistida com doença rara
Quinta, 28 de Novembro de 2019

DPU consegue medicação de alto custo para assistida com doença rara

A Defensoria Pública da União teve pedido procedente para portadora de Amiotrofia Espinhal tipo III. A atuação do defensor público federal Alexandre Mendes Lima de Oliveira possibilitou que a assistida receba o medicamento Spinraza, o único remédio capaz de manter movimentação motora e inibir a evolução da doença. A medicação é registrada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária e tem alto custo (em torno de R$ 420.000,00 por ampola).

A sentença favorável da 21ª Vara Federal Cível da Seção Judiciária do Distrito Federal (SJDF) determinou tutela de urgência para que a União forneça a quantidade mínima para 6 (seis) meses em cada disponibilização do medicamento, considerando a quantidade indicada pelo médico assistente em relatório/prescrição atualizado (máximo de 6 meses da emissão do relatório/prescrição).  A parte assistida deverá apresentar, a cada 6 (seis) meses, prescrição médica atualizada a fim de assegurar a continuidade do fornecimento do medicamento.

O defensor Alexandre afirmou que a decisão estabelece o direito à saúde garantido pela Constituição: "A jurisprudência do Supremo Tribunal Federal é pacífica no sentido do dever estatal de garantir a todos os cidadãos o direito à existência digna (mínimo existencial), não sendo possível ao Poder Público renunciar a essa missão alegando supostos óbices orçamentários, sob pena de falhar no objetivo primordial que justificou a sua concepção filosófica", concluiu.


Compartilhe esta notícia:
DPU consegue medicação de alto custo para assistida com doença rara
Pesquise em todo o site:

Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais - ANADEF
SBS Qd 02 Bloco E Lote 15 Sala 303 - Edifício Prime Business Convenience
Brasilia - DF - CEP: 70070-120
Fone: (61) 3326.9121

ACESSE NOSSAS REDES

DPU
ANADEF® TODOS OS DIREITOS RESERVADOS