ANADEF | Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos Federais (61) 3326.9121
DPU e Grupo Móvel resgatam 116 trabalhadores em condições análogas à escravidão em Goiás
Quarta, 03 de Novembro de 2021

DPU e Grupo Móvel resgatam 116 trabalhadores em condições análogas à escravidão em Goiás

A Defensoria Pública da União (DPU) em conjunto com o Grupo Móvel de Fiscalização de Combate ao Trabalho Análogo à Escravidão, o Ministério do Trabalho e Previdência (MTP), o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) resgataram 116 trabalhadores em condições análogas à escravidão. A ação aconteceu no dia 21 de outubro na cidade de Água Fria de Goiás, em Goiás.

A partir de uma denúncia anônima no MTP, a ação resgatou os trabalhadores, que extraíam as palhas das espigas de milho para a produção de cigarros da empresa Souza Paiol, em Minas Gerais. Eles foram aliciados nos estados de São Paulo, de Minas Gerais, do Maranhão e do Piauí.

Durante a fiscalização, foram constatadas as condições degradantes que eles vivenciavam: o alojamento era precário, não possuíam equipamentos de segurança e nem condições mínimas de higiene. Os trabalhadores recebiam R$ 5,00 por quilo de palha extraída e tinham descontados valores referentes à aquisição das roupas e ferramentas de trabalho - facas, amoladores e botas.

A DPU, o MPT, a PRF e o MTP notificaram os encarregados pelo trabalho de extração, a fazenda onde o trabalho era feito e a empresa que recebia a palha a garantir condições dignas de alojamento aos trabalhadores até as verbas salariais e rescisórias serem pagas.

Os auditores-fiscais do Trabalho e a DPU emitiram as guias de seguro-desemprego para os trabalhadores resgatados. 

Eles receberão três parcelas no valor de um salário-mínimo cada. Também notificarem a empresa responsável a formalizar os contratos de trabalho, retroativamente, e a pagar todos os direitos trabalhistas, que somaram quase R$ 903 mil.

(Com informações do Ministério do Trabalho e Previdência)


Compartilhe esta notícia:
DPU e Grupo Móvel resgatam 116 trabalhadores em condições análogas à escravidão em Goiás
Pesquise em todo o site:

Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos Federais - ANADEF
SBS Qd 02 Bloco E Lote 15 Sala 303 - Edifício Prime Business Convenience
Brasilia - DF - CEP: 70070-120
Fone: (61) 3326.9121

ACESSE NOSSAS REDES

DPU
ANADEF® TODOS OS DIREITOS RESERVADOS