Imprimir

Defensores reúnem-se com a ministra Damares Alves

Escrito por Imprensa em .

Na tarde desta segunda-feira (22), a Anadef e a Defensoria Pública da União estiveram com Damares Alves, à frente do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Igor Roque e Gabriel Faria Oliveira representaram Associação e Instituição, respectivamente, e se colocaram à disposição da ministra para um trabalho conjunto nas pautas que envolvem os Direitos Humanos.

IMG 2760

Na ocasião, os defensores apresentaram à ministra a Nota Técnica que declara a importância dos colegiados que foram extintos pelo Decreto 9.759/2019. São eles: 

Comitê Intersetorial De Acompanhamento E Monitoramento Da Política Nacional Para A População Em Situação De Rua (CIAMP-RUA), Conselho Nacional De Política Indigenista (CNPI), Conselho Nacional Dos Povos Tradicionais (CNPCT), Conselho Nacional De Imigração (CNIG), Conselho Nacional De Combate À Discriminação E Promoção Dos Direitos De Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis E Transexuais (CNCD/LGBT), Comissão Nacional Para A Erradica Ção Do Trabalho Escravo (CONATRAE), e o Comitê Nacional De Enfrentamento Ao Tráfico De Pessoas  (CONATRAP). Leia a Nota na íntegra clicando aqui

Também foram apresentadas propostas para trabalho conjunto da pasta com a Defensoria Nacional de Direitos Humanos (DNDH), as Defensorias Regionais de Direitos Humanos (DRDHs), bem como as ações devensolvidas pela Secretaria-Geral de Articulação Institucional (SGAI), por meio dos Grupos de Trabalho (GTs).

 

Além de Roque e do defensor público-geral federal, estiveram presentees o assessor legislativo da Anadef, Luiz Martins, o secretário-geral de articulação institucional, Renan Vinícius Sotto Mayor, o defensor nacional de direitos humanos, Eduardo Nunes de Queiroz, a secretária de direitos humanos, Lígia Prado da Rocha, o defensor público federal André da Silva Ordacgy e Washington Horta de Sá, diretor de promoção e fortalecimento dos direitos da criança e do adolescente do Ministério.