Imprimir
PDF

Defensoria pública da União empossa 59 novos defensores

Escrito por ANDPU em .

O memorial JK, em Brasília, sediou a posse dos novos defensores públicos da União, que ingressaram na carreira aprovados no terceiro concurso público realizado no início de 2008. Os novos defensores serão distribuídos pelo País e devem reforçar o excelente trabalho desempenhado pela Defensoria Pública da União em favor da assistência jurídica aos menos favorecidos economicamente.

Compuseram a mesa da solenidade o presidente da ANDPU, Haman Tabosa de Moraes e Córdova, o ministro da Justiça, Tarso Genro, o ministro da Previdência Social, José Pimentel, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello, o defensor-público Geral da União, Eduardo Flores e o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Marco Antônio de Oliveira.  Prestigiaram a cerimônia representantes dos poderes judiciário, legislativo e executivo como o Vice-Presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, desembargador Antônio Ezequiel da Silva; o Secretário de Reforma do Judiciário do Ministério da Justiça, Rogério Favretto; o Advogado-Geral da União substituto, Evandro Costa Gama; a Defensora Pública-Geral do Estado do Tocantins, Estellamaris Postal; o 1º Subdefensor Público-Geral do Estado do Rio de Janeiro, Líbero Atheniense Teixeira Júnior; o deputado federal Tadeu Filippelli; o Procurador-Chefe do INSS, Ricardo Panquestor; o presidente da Associação Nacional dos Procuradores Federais (Anpaf) e Corregedor-Geral do Distrito Federal, Roberto Giffoni; e a presidente da Associação Nacional dos Procuradores Federais da Previdência Social (Anpprev), Meire Lúcia Gomes Monteiro e Defensores Públicos da União de todo Pais.

A cerimônia acolheu ainda a assinatura de termo de cooperação que cria as Câmaras de Conciliação Previdenciária, projeto da Defensoria Pública da União que agilizará os processos de concessão de benefícios junto à Previdência Social, para que ações comuns como pedidos de aposentadoria ou auxílio doença, entre outros, cheguem a se tornar ações judiciais.

Após a solenidade de posse, os defensores públicos da União puderam celebrar com os novos colegas da carreira, numa festa realizada pela Associação Nacional dos Defensores Públicos da União, a posse dos mesmos e o que isso significará para a instituição que é ainda muito nova, só contou com três concursos públicos, mas tem solucionado o problema de milhares de brasileiros, atuando por eles em questões jurídicas e travando batalhas coletivas por meio de ACPs.

A festa, um jantar-dançante, foi realizada na Mansão Oásis, no Lago Sul, em Brasília, onde os defensores públicos da União, os defensores empossados e seus amigos e familiares comemoraram as conquistas individuais daqueles que acabam de ingressar numa das mais nobres carreiras do judiciário e ainda a grande conquista da instituição e consequentemente do País.

Além disso, o jantar serviu como um primeiro contato, dos defensores que já integravam a carreira com aqueles que acabam de ingressar na mesma, de forma descontraída.

Em breve as fotos da solenidade de posse e do jantar dançante poderão ser vistas aqui no site da ANDPU.