Imprimir
PDF

Anadef integra a Associação Interamericana de Defensorias Públicas

Escrito por Imprensa em .

Aprovada por unanimidade, a Anadef é a nova integrante da Associação Interamericana de Defensorias Públicas (AIDEF). A decisão foi feita em uma das Assembleias que antecedem o VIII Congresso Internacional da Associação, que acontecerá nos dias 5 e 6 de setembro em Santiago, no Chile. Representada pelo presidente Igor Roque, a Anadef passa a fazer parte das entidades que representam os Defensores Públicos em toda a América Latina.

 

WhatsApp Image 2018-09-03 at 10.53.07WhatsApp Image 2018-09-03 at 10.53.08

Com o tema “Os 40 anos da convenção do Tribunal Interamericano: uma nova era para os direitos humanos” o VIII Congresso Internacional da AIDEF é uma parceira com a Corte Interamericana de Direitos Humanos (Corte IDH) e promoverá debates sobre os direitos de acesso à Justiça dos grupos vulneráveis, com painéis abordando o impacto da prisão preventiva, imparcialidade judicial e outras reflexões do Sistema Interamericano de Direitos Humanos nos 40 anos de criação da Corte IDH.

Em abril, Roque esteve em Washington D.C. solicitando o ingresso da Anadef em uma reunião do Comitê Executivo da Aidef. O presidente participou de debates que estabeleceram princípios e diretrizes da Organização dos Estados Americanos – OEA sobre a Defensoria Pública nas Américas.

 

AIDEF

Fundada em outubro de 2003 durante o II Congresso Interamericano de Defensorias Públicas, no Rio de Janeiro, a Associação Interamericana de Defensorias Públicas (AIDEF) é uma associação de defensores públicos cujo principais objetivos estão na defesa e eficácia dos direitos humanos, e promovendo independência e autonomia das Defensorias Públicas e Associações das Américas e do Caribe.
Atualmente, a Associação é formada por representantes de 18 países: Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Chile, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.