Imprimir
PDF

Anadef participa de mesa-redonda para elaboração do Plano de Trabalho da CLP

Escrito por Imprensa em .

A Anadef foi uma das entidades convidadas pelo deputado Pompeo de Mattos na mesa-redonda da Comissão Legislativa Participativa na tarde desta quarta-feira (9). A audiência teve como objetivo ouvir os pleitos de instituições representantes da Sociedade Civil Organizada para a elaboração do Plano de Trabalho de 2018 da Comissão.

Representando as defensoras e defensores públicos federais e também os assistidos pela carreira, o presidente Igor Roque citou a Emenda Constitucional 80, de 2014, que instaurou o prazo de oito anos para o Governo Federal instalar a Defensoria Pública da União em todo o território brasileiro. “Atualmente a DPU está em aproximadamente 27% dos estados brasileiros. 73% do território não conta com um defensor público federal. (...) A partir do momento que o Estado passa a reconhecer o direito dessa população, será natural a diminuição da desigualdade social”, afirmou.

No final do discurso, Roque ainda se colocou à disposição para discutir a apresentação e viabilização de futuras Propostas de Emenda à Constituição em prol pela parte da população que precisa dos serviços da Defensoria.

Assista, na íntegra, ao discurso do presidente da Anadef: