Imprimir
PDF

Defensoria Pública da União debate sobre a ocupação dos espaços públicos pelas mulheres

Escrito por Imprensa em .

Neste 8 de março, Dia Internacional da Mulher, a Defensoria Pública da União no Rio de Janeiro (DPU/RJ), com o apoio da Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais -ANADEF, promove o II Diálogo DPU, com o tema "Mulheres e Espaços Públicos (não) Ocupados". A proposta do evento é discutirpapel da mulher na sociedade, as vitórias alcançadas e os tantos desafios que ainda existem para a conquista da igualdade de gênero no Brasil e no mundo. 

O debate parte do princípio que o espaço público – a rua, a escola, a associação de moradores, o Congresso Nacional – é arena onde se discutem temas atuais, forma-se a opinião pública e reivindicam-se direitos. Ao longo do evento, os debatedores discorrerão sobre o pleno acesso das mulheres a esse espaço de transformação, refletindo sobre a transposição de obstáculos históricos que impedem a ampla discussão sobre as demandas femininas. 

A participação no evento, aberto ao público, é gratuita. Na ocasião, a comunidade poderá debater com Marcia Tiburi, convidada especial do II Diálogo DPU. A filósofa é autora de livros como "Mulheres, Filosofia ou Coisas do Gênero", "As Mulheres e a Filosofia" e "Como Conversar com um Fascista - Reflexões sobre o Cotidiano Autoritário Brasileiro". Entre os debatedores, estará também a defensora pública federal e presidente da ANADEF, Michelle Leite.

"A Constituição Federal atribui aos defensores públicos federais responsabilidade pela defesa gratuita das minorias e grupos vulneráveis. Entre os assistidos pela DPU, há milhões de mulheres que desejam ter assegurados seus direitos nas searas de saúde, educação, direitos humanos e outros. Mas para falar do papel da Defensoria Pública da União na defesa do direito da mulher é preciso, inicialmente, falar de relações de gênero e da condição da mulher diante das estruturas sociais de dominação. É sob essa perspectiva que realizaremos o debate”, explicou a presidente da ANADEF.